Onde e como estamos nós, mulheres, nesta Copa? | Mini Saia

Pela primeira vez, a nossa televisão aberta tem brasileiras narrando e comentando uma Copa do Mundo masculina. O fato histórico acontece no mesmo ano em que o Catar condenou uma mulher a cem chicotadas por denunciar um estupro.

O acesso aos estádios é permitido às cataris desde 98, mas as mulheres ainda vivem sob uma espécie de ‘sistema de tutela masculina’. A Human Rights Watch informou que, no Catar, elas precisam da permissão de seus ‘guardiões masculinos’ para decisões importantes e não podem atuar nem como guardiãs primárias de seus filhos, mesmo quando já estão legalmente divorciadas. Já observamos consequências dessa estrutura na ausência de mulheres na abertura do evento. Ana Thais, comentarista de futebol, festeja as realizações profissionais sem deixar de lado o estranhamento de trabalhar na Copa num país em ditadura, o Catar, “uma escolha complexa”, conforme sua participação em VT no programa. Com a jornalista Flávia Oliveira, as Saias repercutem e conversam sobre essas tantas camadas.

Inscreva-se no canal GNT: http://bit.ly/canalGNT
Assista aos programas na íntegra no Globoplay + Canais: http://bit.ly/GloboplayCanaisGNT
Site: https://gnt.globo.com/
Facebook: https://www.facebook.com/gnt
Instagram: https://instagram.com/gnt/
Twitter: https://twitter.com/canalgnt
Pinterest: https://www.pinterest.com/canalgnt

Receitas
Youtube: https://www.youtube.com/receitas
Facebook: https://www.facebook.com/receitas
Instagram: https://instagram.com/receitas
Pinterest: https://www.pinterest.com/receitas

Casa GNT
Youtube: https://www.youtube.com/casagnt
Instagram: https://instagram.com/casagnt

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para o topo