Mulher morta por cobra venenosa teve assassinato planejado pelo marido

Uma mulher de 25 anos que morreu depois de ser picada por uma cobra naja foi, na verdade, assassinada pelo próprio marido. Apaixonado por cobras e insatisfeito com o casamento, o homem de 27 anos comprou o réptil e planejou a morte da esposa. No dia do crime, ele deu sedativos e esperou ela dormir para colocar a cobra na cama. Em seguida, ele se livrou das provas, mas os investigadores queriam saber como a vítima foi atacada dentro de casa. Uma simulação realizada com uma naja e um manequim mostrou que a cobra só atacou depois de provocada várias vezes. As marcas de picadas também eram maiores do que o normal, o que indica que a cobra havia sido empurrada contra a vítima. O homem foi julgado e condenado a duas sentenças de prisão perpétua. Os pais dele também foram autuados por conspiração.

Nosso Whatsapp: https://cidadealerta.r7.com/whatsapp
Inscreva-se no canal Cidade Alerta: http://r7.com/0Fhv
Assista às íntegras no PlayPlus: https://www.playplus.com
Facebook: https://www.facebook.com/CidadeAlertaRecord/
Instagram: https://www.instagram.com/cidadealerta/
Twitter: https://twitter.com/cidadealerta
Site oficial: https://recordtv.r7.com/cidade-alerta

#CidadeAlerta #LuizBacci #Feminicídio

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para o topo