Médico e falso anestesista são presos durante cirurgia de lipoaspiração em clínica clandestina

Um médico peruano e um falso anestesista colombiano foram presos em uma clínica de estética clandestina durante uma cirurgia de lipoaspiração ilegal em Nova Iguaçu, na baixada fluminense. Na clínica eram realizados procedimentos de alta complexidade sem licença sanitária. O médico Jaime Javier Garcia Caro, de 44 anos, e o colombiano Jean Paul Perez Barraza, de 29, foram flagrados pelos policiais no momento que iniciavam um procedimento de lipoaspiração em uma paciente de 29 anos, que havia sido sedada momentos antes pelo falso anestesista. Ao perceber a chegada dos policiais, o médico tentou dissimular e sair da sala de cirurgia retirando o jaleco que vestia, onde tinha bordado o nome e a especialidade de anestesiologista. Na sala ao lado, os policiais encontraram uma outra paciente, de 44 anos, que havia acabado de se submeter a um procedimento de lipoaspiração. A mulher repousava ainda sob os efeitos do anestésico. Além de lipoaspiração, a clínica ilegal realizava mamoplastia e mastopexia (implantes de silicone), sem qualquer estrutura para eventuais intercorrências com os pacientes. O local foi interditado por agentes da vigilância sanitária.

Nosso Whatsapp: https://cidadealerta.r7.com/whatsapp
Inscreva-se no canal Cidade Alerta: http://r7.com/0Fhv
Assista às íntegras no PlayPlus: https://www.playplus.com
Facebook: https://www.facebook.com/CidadeAlertaRecord/
Instagram: https://www.instagram.com/cidadealerta/
Twitter: https://twitter.com/cidadealerta
Site oficial: https://recordtv.r7.com/cidade-alerta

#CidadeAlerta #LuizBacci

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para o topo