“João de Deus socorrense”: polícia investiga falso líder religioso que abusava de mulheres

Um falso líder religioso dopava as vítimas com água e sonífero antes de praticar os abusos em Amparo, no interior de São Paulo. Jessey atendia em uma clínica especializada em tratamento espiritual em mulheres. Ele oferecia terapia, sessão de regressão, quiropraxia e massagens, mas tudo de fachada. Antes de começar qualquer procedimento, ele oferecia água com sonífero para as futuras vítimas. Quando elas não conseguiam mais ter controle do sono e do corpo, ele abusava delas. Além de atender nessa clínica, Jessey era técnico em raio-x em um pronto-socorro da região. Cada sessão custava em torno de 150 reais. O criminoso foi preso durante a operação “João de Deus socorrense”. Na casa dele, os investigadores encontraram remédios, seringas, munição, arma, câmeras e aparelhos celulares que teriam os registros dos abusos. A polícia acredita que ele tenha feito mais de 30 vítimas.

Nosso Whatsapp: https://cidadealerta.r7.com/whatsapp
Inscreva-se no canal Cidade Alerta: http://r7.com/0Fhv
Assista às íntegras no PlayPlus: https://www.playplus.com
Facebook: https://www.facebook.com/CidadeAlertaRecord/
Instagram: https://www.instagram.com/cidadealerta/
Twitter: https://twitter.com/cidadealerta
Site oficial: https://recordtv.r7.com/cidade-alerta

#CidadeAlerta #LuizBacci

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para o topo